E por aqui....

Esse blog começou com o Vida Verde de Uma Família Colorida, que acabou.
Agora com uma nova abordagem, mais liberdade e os mesmos assuntos: maternidade, filhos, consciência, ecologia.
Ah, e claro, os mesmos motivos: pelo futuro dos meus filhos. E dos seus. E dos outros.

Eu sou a Thais, mãe da Melissa (7 anos), do João (5 anos) e do Zé (3 anos), casada com o Bhuda, morando na Nova Zelândia!
Ocorreu um erro neste gadget

Pesquisar neste blog

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Sopa de abóbora!

Pessoas, estamos bem! Nem sentimos os mais de 30 terremotos que ainda não pararam em Christchurch.
Só fiquei sabendo porque amigos e conhecidos começaram a mandar e-mails e mensagens perguntando se estávamos bem.

--------------------------------------------------------

Ontem, aproveitando o susto por causa do terremoto (que eu não senti tremer, mas é triste, viu? Imagino o desespero de quem está por lá), a falta de tempo e uma abóbora que veio na nossa cesta de orgânicos, resolvi fazer sopa.

Eu adoro abóbora. Mas as minhas crianças não gostam. Tentei cozido à japonesa, tentei assado com mel e vinagre balsâmico, grelhado com alecrim, tomilho e manteiga e na-da. Eu me apaixonando cada vez mais pelas abóboras e meus filhos cada vez piores na hora de comer.

Daí encontrei receitas de sopas e resolvi fazer.
Eu sou péssima seguidora de receitas, não adianta. Eu vejo mais ou menos como faz e vou inventando. Com tudo, menos bolo, porque bolo eu não sei mais fazer.

Ficou uma delícia! Todo mundo repetiu!

Usei:
- Uma abóbora inteira (deve ser abóbora japonesa, porque é as que eu usava no Japão, hahahhaa)
- 3 cebolas cortadas bem fininhas
- alguns dentes de alho (eu adoro alho e usei a cabeça inteira, mas vai do gosto)
- tomilho a gosto
- 3 colheres de sopa de manteiga
- caldo de alguma coisa (nas receitas que eu vi, era de frango, mas eu não consigo e resolvi usar caldo de legumes FEITO EM CASA), o suficiente para cobrir as abóboras.
- uma pimenta sem as sementes
- parmesão
- bacon free range e orgânico, se comer.

Cortei a abóbora em cubinhos, levei ao fogo para cozinhar com os alhos, o tomilho e o caldo de legumes. Quando ficou macio, bati no liquidificador e voltei ao fogo. Refoguei as cebolas e a pimenta em um pouco de manteiga, depois joguei dentro do creme de abóbora. Juntei o resto da manteiga e esperei engrossar.
Enquanto isso, fritei algumas fatias de bacon para que minhas crianças se sentissem atraídas pela comida, ha ha ha.
Na hora de servir, colocava um pouco de parmesão e/ou bacon e voi la. Prontinho.


Eu demorei uns 15 minutos pra cortar a abóbora, hahahahhaa, mas o resto foi rapidinho. Demorou uns 40 minutos para engrossar e ficar no ponto que eu gosto, mas o trabalho foi pouquíssimo.


4 comentários:

Rosana Oshiro disse...

To passando para te convidar para a Blogagem Coletiva.
Passa no Mãe-mulher-humana e participa tá?

beijo, beijo

Rosana Oshiro disse...

Vixi, passei tão correndo ontem que nem vi o negocio do terremoto.
Gomen, gomen, gomen!
Bom saber que estão todos bem e que a sopa de abóbora foi aprovada.
Eu vou para NZ só para comer essa sopa! =P

beijoooo

Chico´s + Mina´s disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcela Mölk disse...

Sopa de abobora é tudo de bom!!!!
te dou uma dica?
Aproveite a casca da abobora e faça um bolo delicioso.
A receita é muito facil, sao os mesmos ingredientes de um bolo de cenoura, mas substituindo a cenoura pela a casca de abobora... qualquer duvida me avise, te mando a receita detalhada.
bjosss

Seguidores