E por aqui....

Esse blog começou com o Vida Verde de Uma Família Colorida, que acabou.
Agora com uma nova abordagem, mais liberdade e os mesmos assuntos: maternidade, filhos, consciência, ecologia.
Ah, e claro, os mesmos motivos: pelo futuro dos meus filhos. E dos seus. E dos outros.

Eu sou a Thais, mãe da Melissa (7 anos), do João (5 anos) e do Zé (3 anos), casada com o Bhuda, morando na Nova Zelândia!
Ocorreu um erro neste gadget

Pesquisar neste blog

terça-feira, 11 de maio de 2010

Sobre fraldas...

Estou em uma lista de discussão que fala sobre as fraldas de pano.
As meninas lá estavam comprando muita fralda, muita, mesmo. E 90% das compras conjuntas eram importadas.
E isso me fazia ficar com uma coceirinha na mão para falar, mas sempre fui deixando para depois, e depois... e não o fiz até agora.

A verdade é que meus meninos usaram fralda de pano. O João começou com mais de um ano e meio (e usou até os quase 3) e o Zé desde recém nascido. Como eu engravidei na Espanha e lá as fraldas de pano são super high tech, de material orgânico, local, PUL super respirável, enfim..... não tive nenhuma reclamação. Nunca. A variedade era enorme, tanto de modelos, quanto materiais, lojas, fábricas, botões, velcros, pins, .....

No Brasil, verdade seja dita, eu não conhecia ninguém que tivesse usado. Eu não usei fralda de pano. Minha irmã também não. Minhas primas, meus sobrinhos, meus afilhados, os filhos dos amigos, filhos dos conhecidos dos conhecidos dos conhecidos....
Ninguém. Por ter essa demanda baixa, acho normal, normal que a indústria brasileira esteja só começando. Normal que não exista a diversidade que existe lá fora. E que a qualidade não seja a mesma.

Que eu saiba, são 3 produtoras: a Baby Slings, a Mamãe Natureza e a Lilith. Se tiver mais alguma, deixe nos comentários ou no meu e-mail que a gente aumenta a lista.
As 3 têm propostas super boas, inteligentes e conscientes, mas eu nunca testei nenhuma delas.

Conheço mães (e bebês, claro) que se adaptaram lindamente a uma ou a outra delas, às vezes a todas. E também conheço mães que não se adaptaram por motivos variados, mas que tentaram e tentaram e tentaram.

Elas disseram várias coisas sobre as fraldas nacionais e importadas, com as quais eu concordo:
-Comprar nacionais é mais ecológico e melhor para nós. Assim, a nossa indústria tem a chance de crescer e se desenvolver. Algum dia, eu tenho certeza, ela chega à qualidade das fraldas de fora;
-Comprar só o número necessário também é o ideal. Ter mais do que se usa não é ecológico e nem econômico;
-Procurar fraldas usadas é o que há! É mais ecológico, mais econômico e você ainda conhece quem usa/já usou;
-Procurar na indústria nacional alguma opção é ideal, mas não é a única opção. Não se adaptou com a marca 1, tenta com a 2. Não gostou da 2, tenta a 3.... Se não se adaptar a nenhuma, antes de voltar às descartáveis, ainda é desejável comprar importada! E eu acho difícil não se adaptar à uma das milhares de marcas que existem pelo mundo afora;
-E, sem dúvida nenhuma, usar fralda que machuca o bebê pela ecologia não é legal. Eu não usaria nada que machucasse algum dos meus filhos, mesmo que fosse a única coisa que eu pudesse fazer pelo planeta, pelo bem da humanidade ou o que quer que seja. Precisa ser bom para nós, para eles e para o resto do mundo, né? Só não vale generalizar! Não é porque não foi boa para seu primeiro filho que não vai ser para o segundo. Cada criança é uma, cada corpo é um e cada fralda cai de um jeito em cada criança.

Só mais um adendo: se não funcionar, se não gostar, não jogue no lixo ou deixe guardada! Doe, venda, empreste! Vai servir para alguém, com certeza!


3 comentários:

Tati disse...

se eu tivesse mais um filho (hipótese muito remota) tentaria as fraldas de pano sim...

Mas é fogo, né? Vc correndo atras de um bebê, fazendo papinha de frutas e legumes, cuidando e ainda esfregando fraldas? AHuahauauah

Sónia Santos disse...

Tati, sou Sónia Santos de Portugal, Sintra :)
Obrigado pelo seu Lindo Blog ;)
Também usei Fraldas de Pano com a nossa filhota (agora tem 2, anos e 10 meses e já usa cuequinha desde os 2 anos e 5 meses).
Fiquei tão contente com a experiência que quiz passá-la a outros pais e começei a vender Fraaldinhas de Pano e Acessórios mais Ecologicos para bebés e mamãs da Popolinni, Naturkinda é a marca Portuguesa que tem excluisivo a marca Popolinni.
Se tiver algum interesse em comprar veja no site www.naturkinda.com, meu mail é soniajardimsantos@gmail.com e meu contacto +491 965708855.
Um Grande Abraço para voçê e sua linda familia :)
Sónia Santos***

Patricia disse...

Olá, é a primeira vez que entro no blog e vi este post sobre a s fraldas de pano, que estou pesquisando há meses e ainda não comprei para a minha filhota de 15 dias! Acho que vou comprar duas da Biofraldas, uma marca que não foi citada no blog (fica aí outra opção) e ver se me adapto (eu e Lorena). De qq modo, mandei cortar em quadradinhos e fazer barrinha em fraldas de pano e uso para limpar o bumbum com água morna, deixando de usar os lencinhos que tanto comprei para o meu primeiro filho. Já é uma ajuda,né? Bjos. Patricia

Seguidores